Número total de visualizações de página

terça-feira, 28 de março de 2006

SEGREDO


Ela cultiva um jardim inacessível.
Um cantinho de sentimentos que ela soube desbravar à custa de aventura.
Aí, ela cultiva os sonhos de amor, alinhando os príncipes encantados como se fossem plantas promissoras.
Aí, quando a tempestade ameaça, ela vai acalentar os seus tormentos sob uma grossa camada de argumentos, manda embora as lágrimas e recupera a serenidade.
Aí, ela é verdadeira.
Em segredo...

( Jacques Salomé )

domingo, 26 de março de 2006

HUMILDADE


Postei-me à beira da estrada,
esperando a passagem do Príncipe no carro
dourado da manhã.
Aguardei horas a fio, sem inquietação nem dúvida.
Finalmente, surgiu a carruagem.
Seu barulho era música para meus ouvidos;
sua poeira, fragmentos de ouro para minha visão;
seus corcéis, cometas ante minha alma
desabrochada para o Bem, nas claridades do optimismo.
Em verdade, não vi o Príncipe, contudo,
sua presença inebriou de paz toda a minha vida...

( TAGORE )

sexta-feira, 24 de março de 2006

A LUZ


O guerreiro da luz está agora a despertar do seu sono.
Ele pensa:. " Não sei lidar com esta luz que me faz crescer."
A luz, entretanto, não desaparece.

O guerreiro pensa : "Serão necessárias mudanças que eu não tenho vontade de fazer."

A luz continua - porque a vontade é uma palavra cheia de truques.

Então, os olhos e o coração do guerreiro começam a acostumar-se à luz.
Ela já não o assusta e ele passa a aceitar a sua Lenda, mesmo que isso signifique correr riscos.

O guerreiro esteve a dormir durante muito tempo.
É natural que vá despertando aos poucos...

( Manual do Guerreiro da Luz- Paulo Coelho)

terça-feira, 21 de março de 2006

CANÇÃO DA FLOR


Sou uma palavra amável proferida e repetida
Pela voz da Natureza;
Sou uma estrela caída da
Tenda azul sobre o tapete verde.
Sou a filha dos elementos
Com quem o Inverno concebeu;
A quem a Primavera deu à luz; eu fui
Erguida ao colo do Verão e eu
Dormi na cama do Outono.

De madrugada eu uno-me à brisa
Para anunciar a chegada da luz;
Ao cair da noite eu junto-me aos pássaros
Nas despedidas da luz.

As planícies estão decoradas com
As minhas belas cores, e o ar
Está perfumado com a minha fragrância.
Enquanto eu abraço o Sono os olhos da
Noite olham por mim, e quando eu
Acordo eu olho para o Sol, que é
O único olho do dia.

Eu bebo orvalho em vez de vinho, e escuto
As vozes dos pássaros, e danço
Com o balanço rítmico da relva.

Eu sou o presente do amante; eu sou o ramo do
casamento;
Eu sou a memória dum momento de felicidade,
Eu sou o ultimo presente dos vivos aos mortos;
Eu sou uma parte de alegria e uma parte de tristeza.

Mas olho para cima e vejo apenas a luz,
E nunca olho para baixo para ver a minha sombra.
Esta é a sabedoria que o homem deve aprender.

( Lágrimas e risos- Kahlil gibran )

sexta-feira, 17 de março de 2006

SOBREVIVENTE


Quem pode afirmar que uma criança não desejada conscientemente pelos pais não é uma criança amada ?
Será talvez uma criança inesperada, será talvez um objecto de uma ternura especial pois, não tendo sido programada, a sua existência é milagrosa.
Aquele que não foi desejado tem a sorte de ter nascido pela sua própria vontade.
Será menos enganado porque não nasceu para responder às expectativas de alguém, mas para responder à sua própria necessidade.
Mudança de visão, de ângulo de visão, um outro olhar ; é o primeiro passo para a maleabilidade das falsas imagens que nos entravam e nos impedem de nos encontrarmos.
Será ter finalmente acesso a um desejo próprio, um desejo de Ser, um desejo para Mim e não para o outro.
" É na nossa própria sombra que temos os encontros mais luminosos "

( A Arte da Comunicação Humana- Jacques Salomé- Sylvie Galland )

quinta-feira, 16 de março de 2006

AS FADAS DAS FLORES


As fadas e os elfos são os espiritos guardiões dos bosques e dos jardins. São eles quem conferem os poderes magicos ao reino vegetal. As fadas das flores vigiam o crescimento e a saúde das plantas.
Limpam, perfumam e penteiam uma a uma, as suas pétalas.
Com apenas alguns centímetros de altura, providas de asas translúcidas que se agitam ao sol, essas fadas voam como as borboletas, colhendo o suco das flores.
" Eram elas quem fazia a limpeza da Primavera, afastando os bichos sinistros e disformes. Elas restauravam a calma no seio dos elementos perturbados e faziam renascer a paz no coração dos humanos."
É por isso que a cada tipo de flor é atribuida uma fada guardiã.
As fadas das flores vivem em osmose estreita com o mundo vegetal, que reavivam permanentemente graças à sua energia etèrica e espiritual. Elas ajudam a transmutar os elementos químicos e catalisam a energia da atmosfera para que se torne assimilàvel pelas flores.As fadas são os devas, os « anjos-guardiões » das plantas, e todos os jardineiros devem contar mais com a sua colaboração, do que com o seu próprio savoir-faire, se desejam ter um jardim bonito.

( retirado do livro " Elfos e Fadas de Édouard Brasey )

terça-feira, 14 de março de 2006

ANJOS


Não, não é verdade que sejamos limitados. O sonho consciente acerca de universos inexplorados ou de mundos infinitos criados pela tua aspiração ou o teu desejo de novas realidades mais perfeitas são a constatação de que para eles se dirige a tua natureza, o teu Ser. Não podes conceber nada que tu não sejas já, por isso, a tua percepção do aparentemente distante, ideal ou inexistente, não é fruto do teu delírio, mas sim da intuição certeira da tua ilimitada capacidade oculta atrás do véu do esquecimento e da ignorância de ti.
Não, a nossa aparência não é verdadeira, a não ser o que atrás dela se esconde. Procedemos de um pacto de amor que nos converte na manifestação de Deus, num estado de Deus chamado Homem, proveniente ou vinculado à matéria para que esta descubra um dia a imanência de Deus nela, a sua presença, e, ao fazê-lo, Deus, que já é real nos infinitos mundos subtis, também se torna real ne matéria.
Esta é a nossa verdade. Temos a sagrada missão de despertar a matéria, e para isso estamos aqui. Não nos traz pois o pecado nem a discórdia com o Criador, mas sim o cumprimento do Plano da Criação que se completa ao reconhecermos como tal estado de Deus, ou mesmo Deus na matéria. Essa é a Lei. Assim se cumpre o Plano de Deus. Assim nasce o Filho.
Como supor, em tal caos, que diante de tão alto destino possam faltar ao ser humano os apoios necessários? O Plano de Deus, que se cumpre no Homem Novo, transcendido, liberto, reintegrado ao estado de unidade, ou seja, no filho de Deus, é a Ordem por antonomásia, a perfeição absoluta que dispõe de tudo o que é necessário em cada instante da manifestação para que tudo se cumpra; para que Deus se torne real. Nada pode impedir o seu cumprimento. Nada pode evitar o destino sagrado do Homem. Nada te pode impedir ou limitar.
Tudo está disposto a teu favor, para além das aparências. A Ordem, na qual estás imerso e que não vês, actua todavia sem ser vista. Podes descobri-la, admitindo apenas a sua existência, basta abrires-te a essa possibilidade. Se assim fizeres, descobrirás os fios que te unem a uma complexa e inimaginável realidade, a partir da qual os Anjos te levam de mão dada.
Pensamos que os Anjos pertencem possivelmente ao mundo infantil e que perdemos a sua companhia quando superamos a infância, mas não é assim. Eles continuam presentes na nossa vida porque constituem uma parte essencial na Ordem que procura o cumprimento do nosso destino, portanto, se não descobrirmos a sua presença não é porque eles estejam ausentes da sua função, mas sim porque em nós já não vive a criança inocente e confiante.
Voltar á infância, é recuperar esse estado de alma ligado à Unidade, onde o milagre se torna natural e quotidiano. Então, é quando a aparência do limite pessoal se desvanece e surge o subtil, que não tem limite. Apenas a um passo da nossa consciência existe um universo carregado de maravilhas, que espera os que voltam a ser crianças.

Chama-se Reino dos Céus e a ele pertencem os Anjos. Começa, pois, a conversar com eles e, talvez, um dia descubras que mudaste...

( Félix Garcia-no livro Dia-a-dia com os Anjos de Marta Cabeza )

sexta-feira, 10 de março de 2006

POR QUÊ ?


Contigo eu me sinto visto pelo olhar da tranquilidade,
acompanhado pela luz da esperança,
cercado pela melodia da serenidade,
acariciado pela brisa da paz.

Em ti eu me vejo mais profundamente unido
ao mistério das coisas, no brilho dos céus e
no perfume dos campos.

Quando estamos juntos, abre-se facilmente o
espaço infinito de minha alma, e passo a ver e
ouvir o que jamais conseguiria na algazarra
das multidões.

És tu que me ergues as antenas do espírito
e me pões docemente em comunhão com
esferas do mais além.

Afinal, amiga, não entendo porque te chamam
Solidão !...

( TAGORE )

terça-feira, 7 de março de 2006

ENQUANTO ESPERO


Hoje deixei de medir o tempo; mandei parar todos os relógios da Terra... E num instante único agradeço a Tua amizade nas muitas alegrias, nalgumas amarguras e uns tantos abandonos. Estás acima do meu mundo, mas apesar disso enalteço a Memória e o Sonho. Vou acordar todo o meu sentir e peço-te, uma vez mais, a luminosidade mágica das Estrelas e a luz amarela e branca numa mistura de amor e ajuda a esquecer os reflexos da ilusão transitória. Em troca do que me dás ofereço-Te a minha forma de dizer e faço deste instante - um momento íntimo - chamo-Te Mãe... e não esqueço a minha mãe!

Hoje eu posso ler o Livro Sagrado dos Poetas - escolho o meu caminho! Entro por entre as sombras e tenho sempre luz a iluminar os pontos obscuros e imóveis do meu sentir. Lanço o meu abraço, no Espaço - e olho, lentamente, o Amanhecer.
Abro o coração e entro no Templo para meditar...
E não para pedir !... E sou outra, diferente da primeira e da última; outra nascida neste instante e saúdo quantos encontro ! Sei ! Estou perto da saída do labirinto e tudo quanto eu contei - eu vivi !

Vou esperar por Ti ! Mas sei que construíste um abrigo e sentes-te feliz dentro dele ! Que posso dizer para te tocar e trazer desse sonho ancestral?
Trago da outra dimensão os dias e as noites. Não aqueles que todos conhecemos, mas outros dias e outras noites. Noites onde o luar se acende com mais força e ilumina de modo invulgar e junta-se à palidez do dia e torna-se prateado feito de silêncio e de poesia... Há a mistura da noite e do dia e juntos dão a magia daqueles lugares no esplendor da aurora boreal trazida pelos ventos frios e o Sol do Meio-Dia.

Não estou fatigada, mas sim liberta e nua esperando a noite que não é noite, mas sim a aurora do Norte - onde o gelo é Eterno.

( Os sete degraus - Maria Luisa Adães )

segunda-feira, 6 de março de 2006

ESPERANÇA


Todo o guerreiro da luz já teve medo de entrar em combate.
Todo o guerreiro da luz já traiu e mentiu no passado.
Todo o guerreiro da luz já trilhou um caminho que não era o dele.
Todo o guerreiro da luz já sofreu por coisas sem importância.
Todo o guerreiro da luz já achou que não era um guerreiro da luz.
Todo o guerreiro da luz já falhou nas suas obrigações espirituais.
Todo o guerreiro da luz já disse sim quando queria dizer não.
Todo o guerreiro da luz já feriu alguém que amava.

Por isso é um guerreiro da luz; porque passou por tudo isso e não perdeu a esperança de ser melhor do que já foi.

( Manual do guerreiro da luz- Paulo Coelho)

sábado, 4 de março de 2006

VÍCIOS E CRÍTICAS


Nos meios ditos espiritualistas, é frequente assistir-se à crítica implacável e mordaz, sussurrada sobre este ou aquele irmão " que há pouco, lá fora, se encontrava a fumar...", sobre esta ou aquela pessoa que " come carne, não sei o que está aqui a fazer", sobre esta ou " aquela mulher, que se pinta tanto..." ou ainda aquela outra que "não se arranja nada, andando num desmazelo...".

Irmãos, muitos de vós, que assim agis, já pensastes que talvez muitas vezes tenhais contaminado mais o ambiente que se respira com os vossos ditos intolerantes e desamorosos do que esses outros irmãos que tão desdenhosamente considerais? Há muitas formas de poluição, e quiçá, as mais temerosas e insiduosas sejam as resultantes da maledicência e da crítica fácil e separatista.

Realmente, nenhum de vós está totalmente limpo e livre de erro. Nenhum de vós, no essencial, é superior aos demais. O que já aprendestes ( e o que vos parece ser muito ) talvez esteja atrás, em valor absoluto, da capacidade de compreensão e de amor desse outro que fuma, bebe álcool ou não adopta um comportamento convencional.

Em verdade vos digo, meus irmãos: muitos dos que, num intervalo de uma conferência ou, inclusivamente,
antes de " trabalhos esotéricos", recorrem ao fumo de um cigarro são com frequência mais puros, mais valorosos, mais sinceramente devotados e úteis ao Serviço, do que uma grande parte dos que olham por cima do ombro e alardeiam o exemplo da sua pureza e evolução de costumes.

Fique bem claro que de maneira nenhuma sustentamos que não se devam observar regras e preceitos no decorrer dos trabalhos espirituais e, preferentemente, também antes - ou, idealmente... sempre! O que, sim, preconizamos é a fraternidade, a tolerância e a compreensão, adaptável e ajustada aos circunstancialismos.
O rigor excessivo pode ser contraproducente e impeditivo de contributos mais amplos e relevantes.
Sobretudo, que não se façam reparos eivados de frieza, indiferença, superficialidade, arrogância e separativismo, mas antes se manifeste o verdadeiro amor e o propósito de ser respeitosa e discretamente útil.

Referimos estas situações, aparentemente menores, porque elas saõ o protótipo de muitas outras de grande vulto. A vaidade cega, e afrouxa as defesas e precauções. É tristemente verdade que muitas vezes, demasiadas vezes, quem se orgulha de já ter subido muito alto fica incapacitado para observar e obviar às próprias fraquezas. Detectá-las, admitir a sua existência e olhá-las bem de frente, constitui igualmente meio caminho andado para saber lidar com as dificuldades e insuficiências dos outros, companheiros no Caminho.

( JESUS retirado do livro Palavras de Ouro do Centro Lusitano de Unificação Cultural )

sexta-feira, 3 de março de 2006

ENERGIA DO DINHEIRO


O dinheiro é simplesmente energia. Este é o princípio básico subjacente a todas as questões financeiras no nosso mundo. De uma perspectiva financeira, toda a matéria, toda a existência, tudo é simplesmente uma massa de energia vibratória. Ar, árvores, humanos, mesas e cadeiras, tudo isto representa diferentes formas de energia. Cada um é composto por partículas atómicas que se movem nun movimento constante. Alguns parecem sólidos, como uma mesa ou uma parede, mas apenas porque contêm energia de uma forma mais densa e com movimentos mais lentos. Alguns parecem mais etéreos, como a água ou o ar. Mas não passam de formas de energia. Lembre-se que a água pode ser congelada para criar gelo, ou ser aquecida para criar vapor, a energia simplesmente assume formas diferentes.
Pela mesma regra, o dinheiro é simplesmente energia, quer seja sob a forma de moedas, notas, cheques, cartões de plástico, transferências electrónicas ou impressões de computador.Contém a mesma energia fundamental que existe em si e nas árvores e nas estrelas, e em tudo no nosso universo. Todo o nosso mundo é energia, netsa ou naquela forma e isso inclui o dinheiro.
Saiba de que pode controlar a energia, pelo que pode controlar o dinheiro na sua vida. A energia nunca deixa de existir. Desloca-se de um lado para o outro e assume esta ou aquela forma, pelo que tem sempre ao seu dispor uma generosa quantidade de energia. Para trazer dinheiro para a sua vida, é necessário que traga energia para a sua vida. Pode fazê-lo atraindo-a da natureza, comendo bem e cuidando da sua saúde em geral. Pode atraí-la através de uma espiritualidade saudável, vivendo em boa vontade e libertando-se de quaisquer velhas bagagens emocionais obsoletas. Pode atraí-la do seu ambiente, desfazendo-se da confusão e criando um espaço pacífico e despendendo tempo com relaxamento ou meditação. Não viva de ressentimentos ou medos em torno do dinheiro, porque estes bloquearão a energia financeira á sua volta.
Depois de atrair a energia, esta pode ser convertida em dinheiro.Concentre-se em saber que isto pode e há-de acontecer, em lugar de tentar compreender como ocorre. Confie que é assim que o processo funciona. Confie que existe dinheiro suficiente que chegue até si para aquilo que precisa. Participe na parte do nosso mundo que envolve dinheiro numa forma que resulte para si. É necessário que tenha um envolvimento com o dinheiro, para permitir que a energia que atrai se transforme em dinheiro.
Mantenha-se activo e permaneça confiante. Quando aproveita a energia e se envolve numa potencial opurtunidade financeira, o dinheiro começará a jorrar. Lembre-se de o deixar fluir na sua vida, e saiba que mais se seguirá.
( A Sabedoria do dinheiro-Carolyn Temsi & Caro Handley )

quarta-feira, 1 de março de 2006

DISCERNIMENTO


Senhor,
tenho á frente dois mundos bem distintos,
mas nem sempre consigo distinguir um do outro;
ambos se unem por um fio que não sei identificar.
Oceano e firmamento...Ilusões e Realidade.
Por mais que concentre minha atenção,
não percebo a linha divisória que separa
uma coisa da outra.
Tenho, contudo, dois mundos diante de mim,
e somente em um devo verdadeiramente habitar.
Ajuda-me, Senhor!
_ Filho, vai em frente!
As experiências te farão enxergar a Realidade.
Segue, face a face com a Vida,
encarando com destemor seus desafios,
mantendo o espírito da honestidade.
Sem dúvida, descobrirás por ti mesmo,
as cores do bem e do mal.
Vai, filho,
a vida ensina sempre.
Teus pés , ainda que sangrando,
são o único meio de transporte para
o Reino da Luz...
( TAGORE )