Número total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de março de 2006

POR QUÊ ?


Contigo eu me sinto visto pelo olhar da tranquilidade,
acompanhado pela luz da esperança,
cercado pela melodia da serenidade,
acariciado pela brisa da paz.

Em ti eu me vejo mais profundamente unido
ao mistério das coisas, no brilho dos céus e
no perfume dos campos.

Quando estamos juntos, abre-se facilmente o
espaço infinito de minha alma, e passo a ver e
ouvir o que jamais conseguiria na algazarra
das multidões.

És tu que me ergues as antenas do espírito
e me pões docemente em comunhão com
esferas do mais além.

Afinal, amiga, não entendo porque te chamam
Solidão !...

( TAGORE )

5 comentários:

greentea disse...

que aluz da esperança e a melodia da serenidade venham sempre em cada dia
e nos tragam a jovialidade da D. Maria!

(às vezes bem precisamos dela...)

Amaral disse...

Solidão-serenidade. Solidão-bem estar. Solidão-paz. Quando a solidão afunda a pessoa em depressão e angústia, ela já não tem o esplendor e a mansidão que o poema exprime. Prefiro o poema.

Sophie disse...

Solidão é uma amiga mas no momento e dosagem certas. Em demasia ultrapassa o cerco da amizade e enreda por outros caminhos, bem menos saudáveis... Há que saber aproveitar um lado não excedendo no outro. Mas, pessoalmente, quem me tira os meus momentos comigo mesma, tira-me td...

O poema está muito bonito...:)

eveonclouds disse...

Bendita solidão que cria o espaço interior do encontro consigo, a distância da análise de si.... sem ela, que caos, minha linda!

Cláudia disse...

p/greentea-E como! Bendita dona Maria...

p/amaral- Eu também prefiro o poema, pois descreve exactamente a beleza da solidão, ou solitude como diz o Osho.A solidão que afunda a pessoa em depressão, serve por vezes para mostrar que Deus está dentro, e não fora. Com essa consciência, ela torna-se bela e a pessoa vai sem dúvida muito mais além...

p/sophie-Eu penso que é desses momentos que Tagore fala. Se soubermos estar bem connosco, deixamos de exigir que os outros preencham os espaços vazios. Assim tudo o que possa vir de fora, passa a ser uma benção, e no caso de perdermos alguém, sabemos que podemos sempre contar connosco.

p/eveontheclouds- E que delicia que é quando saímos do caos, para finalmente nos encontrarmos com esferas do mais além...