Número total de visualizações de página

terça-feira, 11 de março de 2008

VERDADE



Diretrizes para o Reconhecimento da Verdade
A seguir estão algumas diretrizes para reconhecer a verdade.
- Se algo for verdadeiro, não gera o medo ou cria prejuízo.
- A verdade existe fora do tempo linear, entretanto vocês a acessam no tempo presente.
- Quando alguém insiste que somente a sua religião ou filosofia está certa, eles não estão apresentando a verdade, mas as energias da exclusão e do controle.
- Se algo de mérito suposto parecer falso quando o ouvirem primeiro, ou estiverem inseguros se devem confiar nisto ou não, fiquem abertos à possibilidade de que a idéia poderia ser parcial ou totalmente verdadeira.
- Com a informação que pareça ser pelo menos parcialmente verdadeira, questionem-se interiormente para descobrir que aspecto é verdadeiro, assim vocês não digerirão inconscientemente todo o pacote como verdadeiro.
- Quando alguém compartilha uma verdade do que lhes aconteceu pessoalmente, estejam dispostos de ouvir a sua participação sem julgamento, permitindo que a sua própria sabedoria interior e a sua experiência de vida lhes mostrem se e como ela se lhes aplica. Tenham cuidado ao absorver a verdade de alguém mais, como a sua, sem investigá-la primeiro totalmente.
- Quando vocês estiverem avaliando algo para determinar a sua verdade, lembrem-se de se deter o suficiente para ver a cena maior. Vocês conhecem algo da história passada da verdade? Vocês compreendem as implicações da verdade, tanto as grandes com as pequenas?
- Aprendam a fazer questões que investiguem mais intensamente. Exemplo: Quando vocês têm um sentimento de que algo é verdadeiro, não se precipitem ao tirar as conclusões. Indaguem-se interiormente para descobrir que parte de vocês acredita nisto (exemplo: os sistemas de crenças que vocês escolhem conscientemente para manter ou programar, que vocês herdaram de seu condicionamento anterior ou linhagem ancestral). Perguntem quais experiências pessoais de vida validam a verdade. Recordem de onde ou de quem vocês ouviram primeiro a verdade. Indaguem para saber se a verdade é resoluta, ou se ela é influenciada pelo dogma ou algo falso. Perguntem por que vocês acreditam que é verdadeiro. Então perguntem o que está em jogo para vocês, como um ser, se isto não for verdadeiro. O que vocês temem ver? Finalmente, perguntem que outras verdades vocês ligaram inconscientemente a esta verdade.
Apenas Vocês Podem Determinar O Que É Verdadeiro
Lembrem-se de que somente vocês podem determinar o que é verdadeiro para vocês. Outros podem apontar para isto, mas somente vocês podem descobri-la. Vocês podem encontrá-la, ao se dispuserem a viver além dos níveis superficiais, e através do questionamento consistente de sua realidade.
Quando algo for realmente verdadeiro para vocês, isto ressoará com o seu ser interior. A conexão parecerá tão forte que vocês saberão que é correto. Não é fácil ser assim confiante. Conhecer a sua própria verdade assim, envolve um elevado nível de consciência e desenvolvimento do discernimento agudo. Isto requer tempo e uma habilidade aprendida de ser capaz de passar através da ficção, camuflagem e ilusões e chegar à verdade.
Vocês podem fazer isto através de um processo do despertar espiritual. Este processo, para toda a humanidade que agora o experimenta, foi acelerado exponencialmente nestes tempos fundamentais. Se vocês se aplicarem sincera e consistentemente e estiverem dispostos a fazer o trabalho interior, as recompensas estarão além da medida. Ao fazerem o trabalho interior, vocês podem se tornar mais e mais verdadeiros. Enquanto vocês se tornam mais genuínos – libertando-se das camadas de seu eu não autêntico – naturalmente vocês serão capazes de acessar mais de sua verdadeira natureza autêntica.
Vocês têm o potencial em suas encarnações humanas para evoluir a sua consciência para um estado no qual todos os sentidos – incluindo a intuição – são totalmente utilizados para discernir a verdade. Quando vocês aprenderem a usar todos os seus sentidos juntamente com a sua razão e experiência prática, vocês terão entrado plenamente na luz. Esta luz brilhará abaixo em vocês, estará plenamente presente dentro de vocês, e emanará de vocês em todas as direções.
Enquanto vocês continuam a jornada da redescoberta de sua natureza Divina, nós os envolvemos com o nosso amor e bênçãos.
Nós somos o Conselho dos 12.
Tradução: Regina Drumond reginamadrumond@yahoo.com.br
Fonte Original em Português: http://www.novasenergias.net/selacia/findingyourtruth08.html
Inglês: http://www.selacia.com/
Direitos Autorais 2008 de Selacia, Canal para o Conselho dos 12. Todos os Direitos Reservados

5 comentários:

Salar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Kalar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Amaral disse...

Uma Páscoa santa e feliz!
E muitas guloseimas que inventem muitos outros doces momentos..

Gardagami disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Cláudia disse...

p/amaral-Tu é que és um santo amigo que sempre, sempre te lembras de mim! Quanto a doces momentos e guloseimas, tem sido uma avalanche, desde que deixei de fumar.Mas vale tanto a pena... Beijos de algodão doce para ti amigo...