Número total de visualizações de página

segunda-feira, 8 de março de 2010

IMAGINA UMA MULHER...


Imagina uma mulher que acredita que é certo e bom ter nascido mulher.
Uma mulher que honra a sua experiência e conta as suas histórias.
Que se recusa a carregar os pecados dos outros no seu corpo e vida.

Imagina uma mulher que confia nela própria e se respeita.
Uma mulher que escuta as suas necessidades e desejos.
Que vai ao seu encontro com ternura e graça.

Imagina uma mulher que reconhece a influência do passado no presente.
Uma mulher que caminhou através do seu passado.
Que se curou ao entrar no presente.

Imagina uma mulher autora da sua própria vida.
Uma mulher que age, toma iniciativa e se move pelos seus próprios meios.
Que se recusa a render, senão ao seu verdadeiro ser e à sua voz mais sábia.

Imagina uma mulher que nomeia os seus próprios deuses.
Uma mulher que imagina o divino à sua imagem e semelhança.
Que desenha uma espiritualidade pessoal para reger a sua vida diária.

Imagina uma mulher apaixonada pelo seu próprio corpo.
Uma mulher que acredita que o seu corpo lhe basta, assim como está.
Que celebra os seus ritmos e ciclos como um recurso admirável.

Imagina uma mulher que honra o corpo da Deusa no seu corpo em mudança.
Uma mulher que celebra a acumulação dos seus anos e da sua sabedoria.
Que se recusa a usar a sua energia vital a disfarçar as mudanças no seu corpo e na sua vida.

Imagina uma mulher que valoriza as mulheres na sua vida.
Uma mulher que se senta em círculos de mulheres.
E que é recordada da verdade sobre si própria quando dela se esquece.

Imagina-te a ti como esta Mulher...


(“Imagine a Woman” © Patricia Lynn Reilly, 1995
)

4 comentários:

Amaral disse...

Fantástica e deliciosa esta viagem ao "interior" da Mulher.
Imaginemos, saudemos, bebamos o néctar da Vida, Deusa Criadora dos céus de toda a existência!...

Ana Paula disse...

Hum....linda descrição!
Fantástica a forma assertiva dos pormenores, da consonância...
Rs...uma vez mais, adorei.
Parabéns Cláudia...é um verdadeiro prazer, visitar-te.
Beijinho

Neto. disse...

No feminino começa toda natureza. Bela homenagem ao dia 8 de março. Veja o meu post: http://cid-164b7241447d993d.spaces.live.com/blog/cns!164B7241447D993D!792.entry

Cláudia disse...

p/Amaral-O teu cantinho é uma homenagem à Deusa mulher todos os dias do ano, e por isso em nome da mulher que sou te sou grata todos os dias...

p/Ana Paula-És um doce... Muito obrigada por vires aqui deixar o teu aroma.

p/Neto-Tornaste-te uma presença muito querida aqui no portal.Sei que estou em falta por tardar a retribuir as visitas, mas vou agora mesmo berelar para o teu canto...