Número total de visualizações de página

quarta-feira, 1 de julho de 2009



Quando a raiz é profunda, porquê recear o vento?
Quando a árvore é direita, porquê afligir-se,
Se a lua lhe dá uma sombra oblíqua ?

( provérbio chinês )

6 comentários:

direitinho disse...

Bom dia Claudia
Agradeço a sua visita e convido-a a comentar mais. Os nossos espaços são para isso.
Este pensamento é maravilhoso e mostra bem a nossa inquietude. Nunca estamos totalmente satisfeitos e sempre vemos problemas onde nem existem.
Abraço aqui de Leiria

Cláudia disse...

p7direitinho-Eu é que agradeço a sua visita,comentarei certamente seu espaço mais vezes porque nele encontrei sabedoria e adoro a prender mais e mais....Se pudéssemos entender que nada há a recear porque nunca estamos sós e somos muito amados pela vida, se pudessemos deixar de lutar com a vida, e entregarmo-nos qual grão de areia, que se deixa embalar com o vento...

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

**//**

Vim até aqui através da "Somente" do HI5, li algumas coisas e gostei.

Bom f-d-s !!!

Secreta disse...

Por vezes os nossos receios não fazem sentido.
Beijito.

Parapeito disse...

:)) e lendo ...reparei que já cá tinha estado :)
Sim...porquê recear o vento!!
Um abraço e brisas mansas*

Cláudia disse...

p/jota ene-Obrigada pela visita.Que bom que gostaste de algumas coisas....
p/secreta-Sofremos tantas vezes por antecipação, não é? Um desperdício de energia, um bloqueio inutíl, ás surpresas da vida...
p/parapeito-Sim querida já tinha tido o prazer da tua presença aqui no portal.Quando o teu lindo coração de mãe falou com o meu...