Número total de visualizações de página

terça-feira, 31 de julho de 2007

A FORÇA DO AMOR


Há milhões de anos, quando tivemos de vir habitar este magnífico planeta, muito de nós se perdeu. A grande evasão trouxe a separação necessária à evolução de cada um de nós. Mas, quando iniciamos a vida aqui, nos distanciamos de nossas essências, permanecendo com um grande sentimento de solidão. Os milênios se passaram e as lembranças mais puras que tínhamos vivido foram-se apagando de nossas mentes. A cada reencarnação, uma qualidade dessa essência se apagava, se perdia, fluía com o ar e o vento.
Fomos adquirindo sentimentos humanos, tão pesados quanto a gravidade da Terra, este planeta que nos acolheu para que suas energias transcendessem. Mas os sinais ficaram. De longe, observamos cada passo e nos alegramos com cada ponto conquistado na escala. Neste fechamento de milênio, é dada a oportunidade dos reencontros a todos os que conseguiram evoluir, por lealdade a suas essências. Ou seja, essa fase não foi simplesmente doada, ela foi adquirida pelos sentimentos puros usados em suas vidas e vidas.
Quando iniciaram essa sucessão de vidas, vocês se encontraram. Mas, por necessidade de seguir sua própria evolução, deveriam permanecer se separando, se despedindo. Porque foram essas despedidas, o sentimento de solidão individual, que alimentaram suas almas na busca do complemento de sua essência. A trama da reencarnação estimulou a busca, mas também fez vocês adquirirem um sentimento típico do nível planetário - "o medo", que se aproveitou do sentimento de solidão e cresceu. Cresceu a tal ponto que, hoje, toda a civilização é comandada por ele. O medo nas mais variadas formas e níveis de consciência. Milhões de pessoas ainda não perceberam que o medo não existe; ele é um falsário mental, uma ilusão que mora na casa dos sentimentos. Atualmente, o maior trabalho é destruir o medo, destituí-lo de seu trono e trocá-lo pela essência do amor.
As condições terráqueas da vida, envolvidas pelo poder da materialização, ainda assustam, afastam grandes essências, por nada, por uma situação de administração que nem é de vocês. Na realidade, a única coisa que lhes pertence são suas essências, sentimentos. Só aquilo que fluir de vocês mesmos ajudará na grande ascensão de todos - e do planeta.
A única casa que acompanhará vocês será a casa do coração. Todos aqueles que se reconhecerem como trabalhadores da última hora - os chamados (e poucos serão os escolhidos) - deverão ser leais aos seus sentimentos, como foram leais a seus comandantes ao iniciarem a "Grande Missão de Paz". O Universo conspira a favor de vocês, agora. A movimentação Universal entre as galáxias tem trazido seres dos mais variados níveis, para ajudar a fazer a história se cumprir. Mas não podemos invadir seu planeta e mudar o que é necessário.
A tomada de consciência se dará através de vocês, que convivem com a energia humanizada. Porque, pelas Leis Universais, não nos é permitido modificar o campo vibracional, sem que o pedido venha dessa energia animalizada. E é por isso que estamos unidos, juntando todos os que pediram - e que estão dispostos - a trabalhar para a Luz, em todas as fronteiras. O trabalho é muito mais de essência do que de matéria. Esse chamado ecoa, não só em seus arquétipos, mas no Universo, e todos os que estão comprometidos com a luz, com o poder da criação, tem chegado e somado seus conhecimentos, suas energias, seu amor e sua paz, para que a grande transformação se faça pela luz .
Cada ato de verdade. Cada ato de solidariedade. Cada ato de união. Cada ato de amor gera o campo magnético que se une à Grande Essência que está sendo construída em volta do planeta. Essa construção se realiza na velocidade da luz e, depois de adquirida pela Grande Essência, torna-se sólida e não para de crescer.
Portanto, companheiros da transformação, cada centelha de seus atos de amor nos ajuda a trabalhar mais rápido e vai amenizar o sofrimento dos que se recusam a reconhecer este grande momento cósmico - e que ficarão em outro planeta, isto é, em outra dimensão. Na realidade, esse planeta continuará a existir. A transformação será na essência do planeta e dos que trabalham para a sua ascensão. Através do livre arbítrio e por merecimento, vocês poderão permanecer em missão, ou voltar à casa de origem, acompanhados de seus amores, e reencontrar aqueles que há milênios não vêem.
Esperamos que todos os que se reconhecerem e sentirem que algo diferente está acontecendo, que as explicações lógicas não lhes dão os dados necessários, que algo muito forte, incontrolável, os impulsiona a buscar o desconhecido, a vivenciar reencontros, a mudar totalmente sua vida, a se desligar dos conceitos pré-estabelecidos pela ciência, pela sociedade, pela família...faça-o.
PORQUE A RESPOSTA VIRÁ!
Não retomem os conceitos preestabelecidos deste mundo, porque vocês já estarão em adaptação à nova vida que começa. E quando isso ocorrer, vocês não estarão mais sós. Estamos com vocês. Agora, já podem reconstruir suas vidas. Não permitam que o medo os afaste. Cada par que se forma na essência da realidade é um trabalhador que doa seu amor mais puro e terno, para a formação da luz. Não podemos criar a luz sem o amor, não podemos trabalhar para a paz sem o amor, não podemos fazer nossa parte sem que vocês vivam o amor. Vossos medos são muito pequenos, em relação ao tamanho do Universo. Todos devem assumir o verdadeiro amor, porque o exemplo do amor tocará mais e mais pessoas. Quando somadas, as histórias individuais formam a mais bela história de amor, que encantará os corações mais endurecidos. E esses corações poderão até não viver um amor pleno, mas já começarão a vibrar em uma faixa mais leve.
Entendam: as transformações individuais acontecerão e, juntas, farão a transformação coletiva. Cada criatura que se ama e se funde a outra, em sua essência, doa a mais bela luz para as fronteiras. É assim que se está desencadeando a maior força do Universo - a força do amor. Libertem-se de suas limitações sociais, vivam a superioridade, a generosidade. Quando chegar a hora de sua partida, vá! E deixe seu exemplo de vida, sua segurança de amor. Esse é o processo do amor incondicional.
Para a luz, para a paz e para o amor.
Não existe explicação, só a vida vivida!

Não tenham medo de serem felizes. Essa felicidade é só uma centelha do que vocês poderão viver e ser. Lembrem-se, a felicidade é exemplo para todos. Ser feliz também é vosso compromisso. Mostrem que a felicidade é possível neste planeta de provas, quando a entrega é verdadeira. São dessas energias difíceis que precisamos, para envolver essa morada que o Pai nos doou.
Kallysheran
Canal - Maria de Cássia Alvarenga
Vialuz, dezembro, 1999

2 comentários:

Amaral disse...

Belo texto este que nos ajuda a compreender muita coisa que não entendemos...
O medo, a tomada de consciência, a transformação do planeta, a felicidade procurada - temas que ansiosamente buscamos em todos os livros do mundo...

Cláudia disse...

p/amaral-Eu também achei que seria importante reforçar esta mensagem, que felizmente já se encontra cada vez mais difundida um pouco por toda a parte.Ainda que por outras palavras, não importa...
Achei que talvez fosse um pouco extenso( o texto ), e que por isso corria o risco de não ser lido com a atenção que merece.No entanto, amigo, em nada fiquei surpreendida pela tua paciente e atenta presença. Preciosa, como sempre...