Número total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de junho de 2007

SERENIDADE


Um enorme espaço silencioso acolhe a totalidade da Natureza no seu abraço.

E também o acolhe a si.

Só quando estiver tranquilo por dentro é que poderá ter acesso ao reino da serenidade em que as rochas, as plantas e os animais vivem.

Só quando o barulho da sua mente diminuir é que conseguirá unir-se profundamente à Natureza e superar a impressão de separação criada pelo excesso de pensamentos.

O pensamento racional constitui uma etapa na evolução da vida.

A Natureza vive naquela serenidade inocente anterior ao eclodir da racionalidade.

A árvore, a flor, o pássaro e a rocha não se apercebem da sua própria beleza e carácter sagrado.

Os seres humanos só ultrapassam a racionalidade quando se tornam serenos.

Há uma outra dimensão de conhecimento, de consciência, na serenidade que existe para lá do pensamento.

A Natureza pode oferecer-lhe serenidade. É a dádiva dela para si.

Quando apreende a Natureza e se une a ela num campo de serenidade, esse campo fica impregnado pela sua consciência.

É a sua dádiva à Natureza.

Atravé de si, a Natureza torna-se consciente dela mesma.

Ela tem estado à sua espera, por assim dizer, há milhões de anos...


(A voz da serenidade- Eckhart Tolle )

5 comentários:

Luzidium disse...

Este excerto poderia ser uma meditação guiada : )...

Beijo

Amaral disse...

Que belo, não é?...
Para lá do pensamento, entramos na dimensão maior...
Uma experiência algo maravilhosa é passarmos um bom bocado, numa noite silenciosa, na provincia, longe das casas, num sítio ermo, ameno, confortavelmente sentado ou deitado na relva, com árvores por perto, sem quaisquer barulhos, o céu ao longe, sem nada em que pensar, sem nada a incomodar...
É a sensação mais estranha e mais íntima...

Cláudia disse...

p/luzidium-Concordo contigo.É pura meditação, de tão profundo e simples que é...bjo.

p/amaral-É contactar a essência que somos, essa dimensão maior de que falas...Adorei o teu comentário.Está repleto de sensações...

Jonice disse...

Estava com saudades de visitar teu cantinho e aqui encontro três textos excelentes!
Obrigada, Cláudia por tuas escolhas :)
Beijinhos

Cláudia disse...

p/jonice-Eu é que agradeço tuas visitas sempre tão gentis.bjos...